Artigos da categoria Economia
mar
4

Ministro confirma para 16 de março aumento no percentual de etanol na gasolina

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O percentual do etanol misturado à gasolina será aumentado de 25% para 27% a partir do dia 16 de março. A resolução deve ser assinada daqui a pouco, em reunião no Palácio do Planalto, conforme informou o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga. Atualmente, o percentual de etanol anidro misturado à gasolina é 25%. Em setembro do ano passado, a presidenta Dilma Rousseff sancionou projeto de lei autorizando o aumento do percentual para 27,5%. Entretanto, a viabilidade técnica tem de ser comprovada.

mar
4

Produção industrial interrompe sequência de queda e fecha janeiro em alta

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A produção industrial brasileira cresceu 2% em janeiro deste ano na comparação com dezembro de 2014. O avanço interrompeu a sequência de dois meses consecutivos de queda no resultado: -3,2% em dezembro e -1,1% em novembro, na série livre de influência sazonal.

Os dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) foram divulgados hoje (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e, apesar da recuperação em janeiro, a taxa acumulada nos últimos 12 meses (indicador anualizado) continua negativa (-3,5%), mantendo a trajetória de queda iniciada em março de 2014 (-2%) e assinalou o resultado negativo mais intenso desde janeiro de 2010 (-4,8%).

A queda acumulada de novembro a dezembro de 2014 ficou em 4,3% e ainda encontra-se 8,9% abaixo do nível recorde alcançado em junho de 2013. Na série sem ajuste sazonal, na comparação com janeiro do ano passado, a produção industrial apontou redução de 5,2% em janeiro de 2015, a 11ª taxa negativa consecutiva nesse tipo de comparação.

mar
4

Dólar sobe forte e chega a R$ 3

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O dólar opera em forte alta nesta quarta-feira (4), e alcançou os R$ 3 no início desta tarde, segundo a Reuters. Se encerrar o dia acima desse patamar, será a primeira vez que isto acontece desde 16 de agosto de 2004, quando a moeda encerrou o dia vendida a R$ 3,0146.

Às 13h19, o dólar era vendido a R$ 2,9834, em alta de 1,89%. Por volta de 13h, chegou a atingir R$ 3,001.

Os mercados reagem à derrota do governo pelo ajuste fiscal na noite de terça-feira, quando o presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros, surpreendeu o Executivo com a rejeição da medida provisória 669. Ao reduzir desonerações para vários setores, a medida aumentaria a arrecadação do governo.

mar
3

Dólar opera em alta e volta a passar de R$ 2,90

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O dólar opera em alta nesta terça-feira (3), voltando a superar o patamar de R$ 2,90, em linha com o mercado externo, refletindo o quadro de persistentes preocupações com os fundamentos econômicos brasileiros. Além disso, investidores estão testando a tolerância do Banco Central ao fortalecimento da moeda norte-americana.

O dólar também se fortalecia nos mercados internacionais, atingindo a máxima em 11 anos em relação a uma cesta de moedas. O movimento refletia a diferença entre a trajetória da política monetária nos Estados Unidos, onde o aumento de juros é iminente, e na Europa, que vem adotando medidas expansionistas.

Nesta segunda-feira (2), no fechamento do dia, o dólar chegou a R$ 2,89, após alta de 1,37%. Foi a maior cotação do ano e também desde setembro de 2004.

Segundo o operador da corretora Correparti João Paulo de Gracia Correa, qualquer “alívio sobre o real tende a ser pontual, já que a situação econômica e política do Brasil gera muita insegurança entre os investidores locais e estrangeiros, com potencial de uma reversão de trajetória e volatilidade nos mercados internos”.

mar
3

Declarações do Imposto de Renda começam mais lentas

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Receita Federal abriu ontem o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda e, no Rio Grande do Norte, o ritmo ficou abaixo do registrado no ano passado passado. Até as 17h, foram contabilizadas 720 declarações enviadas ao órgão por contribuintes no estado. A média de envio, por hora, no primeiro dia, foi cerca de 50% inferior à registrado em 2014 e também na comparação com 2013. Os programas para fazer a declaração estão disponíveis no site da Receita Federal: www.receita.fazenda.gov.br. Internautas relataram nas redes sociais dificuldades para baixar o programa. A Receita Federal admitiu lentidão no sistema, afirmou que o motivo foi o excesso de pessoas fazendo download, mas que o problema foi rapidamente solucionado.

A redução no ritmo de entregas este ano no Rio Grande do Norte se deveu a uma mudança de prazos, explica o auditor fiscal da Receita Federal do Brasil em Natal, Silvio Moreira de Almeida. Nos anos anteriores, o programa usado para declarar era disponibilizado para downloads com antecedência. “Este ano, o acesso ao programa coincidiu com o primeiro dia de declaração de IR. Antes, muitos contribuintes que desejavam receber a restituição nos primeiros lotes faziam todo o processo com antecedência, finalizavam (a declaração) e enviavam no dia de abertura”, disse.

Este ano, cerca de 27,5 milhões de contribuintes devem prestar contas ao fisco, no país. O prazo para a entrega termina no dia 30 de abril. No Rio Grande do Norte, a estimativa é que 289 mil declarações sejam enviadas ao órgão este ano, um incremento de 10% em relação a 2014.

mar
2

Receita admite problemas em seu site, mas diz que já atua para corrigir

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Secretaria da Receita Federal admitiu que sua página na internet está com problemas neste primeiro dia de entrega das declarações do Imposto de Renda 2015. Há relatos de pessoas que não estão conseguindo abrir o site do Fisco.

Segundo o supervisor nacionald o IR do órgão, Joaquim Adir, isso se deve ao fato de que a Receita disponibilizou somente nesta segunda, no primeiro dia de recebimento do Imposto de Renda, o programa para “download”. Em anos anteriores, o programa foi disponibilizado dias antes do início do período de entrega.

“Infelizmente, nesse ano a gente só conseguiu disponibilizar hoje o programa do IR. Isso já aconteceu em anos anteriores. Faz parte desse ‘stresszinho’ do primeiro dia do IR. Houve excesso de ‘downloads’. Mas a gente está correndo atrás. O Serpro já está disponibilizando mais equipamentos. A expectativa é de que tudo esteja normal nos próximos minutos”.

Além da página da Receita na internet, o programa também pode ser baixado em outros lugares – como, por exemplo, no site do TechTudo. A expectativa do Fisco é receber 27,5 milhões de declarações em 2015.

mar
2

Conta de luz sobe a partir de hoje

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A conta de luz fica mais cara, em média, 23,4% em todo o país a partir desta segunda-feira (2). Para a Eletropaulo, o aumento médio das tarifas será de 31,9%, enquanto a Cemig terá alta de 28,8%. Para a Light, o aumento será de 22,5%. Haverá alta para 58 distribuidoras de eletricidade do país.  O reajuste foi aprovado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) na sexta-feira. 

mar
2

Analistas sobem projeção de inflação

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Os principais analistas financeiros do país pioraram suas projeções para o crescimento da economia e para a inflação, além de terem subido a previsão para a taxa de juros. A previsão para o PIB (Produto Interno Bruto) foi cortada pela 9ª semana seguida, caindo de -0,5% na semana passada para -0,58% nesta semana.

A Selic, taxa básica de juros, deve fechar o ano em 13%, segundo os analistas. Na semana passada, a previsão era de 12,75%. Na última reunião, o BC subiu a taxa de juros para os atuais 12,25%; amanhã, o Copom se reune novamente para debater uma nova alta.

A inflação, por sua vez, deve aumentar 7,47%, segundo as previsões, mais do que o que era previsto na semana passada (7,33%). No último dado divulgado, a prévia da inflação atingiu 7,36% em 12 meses, o maior nível em quase 10 anos. A projeção para a cotação do dólar também subiu, de R$ 2,90 para R$ 2,91. As avaliações foram divulgadas nesta segunda-feira (2), no Boletim Focus.

mar
1

Prazo para declarar Imposto de Renda começa amanhã segunda-feira

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Receita Federal começa a receber na segunda-feira (2) as declarações de Imposto de Renda 2015. Os contribuintes têm até 30 de abril para entregar o documento ao fisco.

Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, também recebem mais cedo as restituições do Imposto de Renda – caso tenham direito a ela. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade. Os valores começam a ser pagos em junho de cada ano pelo governo e seguem até dezembro, geralmente em sete lotes.

Quem precisa declarar

Estão obrigadas a apresentar a declaração as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 26.816,55 em 2014 (ano-base para a declaração do IR deste ano).

Também devem declarar os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado.

A apresentação do IR é obrigatória, ainda, para quem obteve, em qualquer mês de 2014, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.

fev
27

Empresa da PB vai produzir iogurte de leite de cabra sem lactose

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Uma empresa da Paraíba irá produzir iogurte à base de leite de cabra sem lactose nem adição de açúcar. O produto, que será fabricado na cidade de Pilar, na Zona da Mata paraibana, deve começar a ser comercializado em todo Nordeste nas próximas semanas. O investimento no empreendimento foi de cerca de R$ 2 milhões.

De acordo com o empresário Fernando Antônio Bezerra, a produção inicial será de 200 litros por dia e, eventualmente, a empresa poderá ter capacidade de produzir mil litros diariamente. O leite será produzido pelo rebanho da própria indústria, que conta com 80 cabeças da raça Saanen. Segundo Bezerra, a empresa já conta com registro no Serviço de Inspeção Federal (SIF) para iniciar a produção.

“Havia uma lacuna na cadeia produtiva de caprinos na região, especialmente para derivados de produtos finos”, disse o empresário. “O iogurte é adequado para pessoas com dificuldades de digestibilidade, com intolerância à lactose e à proteína do leite bovino”, acrescentou, dizendo ainda que a empresa tem planos para, no futuro, iniciar a produção de queijos como Boursin e Chevrotin.

fev
27

Equipe econômica fixa redução de 23,7% em gastos do PAC até abril

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A equipe econômica do governo federal impôs uma redução de 23,7% nos gastos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) até abril deste ano. A medida faz parte de uma série de tentativas para equilibrar as contas públicas em 2015 e foi aplicada por decreto presidencial publicado em edição extra do “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (26).

É a primeira vez que há redução nos gastos desde que o programa foi criado. O PAC está diretamente ligado à imagem da presidente Dilma Rousseff, que foi apelidada de “mãe do PAC” quando era ministra do governo Luiz Inácio Lula da Silva.

fev
26

Renda do brasileiro foi de R$ 1.052 em 2014, segundo IBGE

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A renda domiciliar per capita nominal do brasileiro foi de R$ 1.052 em 2014, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE. O indicador de renda foi calculado a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) contínua.

Esta é a primeira vez que é divulgado o indicador de renda por esta pesquisa — que engloba dados das 27 unidades da federação e não apenas das seis regiões metropolitanas da Pesquisa Mensal de Emprego.

O Distrito Federal foi a unidade da federação com maior renda domiciliar per capita, de R$ 2.055. bem acima da segunda posição, ocupada por São Paulo, com R$ 1.432. O Rio Grande do Sul vem em terceiro lugar, com R$ 1.318, seguido por Santa Catarina (R$ 1.245) e Paraná (R$ 1.210).

fev
26

Crédito ao consumidor deverá encerrar 2015 com crescimento menor que ano passado

Autor 0    Categorias Economia     Tags

De acordo com relatório divulgado ontem (25) pelo Banco Central do Brasil (BC), em janeiro a concessão de recursos destinados às pessoas físicas avançou 6,9% na comparação com o mesmo mês de 2014. A expansão das concessões no período se deu, primordialmente, por meio do cartão de crédito (+12,5%) e do crédito consignado (+13,3%).

Feitos os ajustes sazonais, houve queda nominal de 1,0% sobre dezembro, resultado especialmente influenciado pela variação de -7,7% nos recursos concedidos por meio do crédito para aquisição de veículos. A taxa média de juros ao consumidor atingiu um novo recorde histórico (52,6% ao ano em janeiro), avançando 2,6 pontos percentuais em comparação àquelas registradas no primeiro mês do ano passado.

O crédito ao consumidor deverá encerrar 2015 com crescimento real menor (+0,6%) que os +4,2% de 2014, e a taxa média de juros ao consumidor deverá atingir 57,9% ao ano. A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), e leva em conta a mediana das previsões de crescimento do PIB (-0,5%) e as expectativas da taxa básica de juros para o ano em curso (12,75% ao ano em dezembro), ambas apuradas pelo próprio BC.

Somadas às previsões de variação do crédito para as empresas e dos recursos direcionados, a relação crédito/PIB, atualmente em 58,5% do PIB, deverá encerrar 2015 próxima dos 60%.

fev
25

Crédito bancário registra queda no começo de 2015

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O volume total do crédito das instituições financeiras registrou queda de 0,2% em janeiro deste ano, para R$ 3,01 trilhões, segundo informações divulgadas pelo Banco Central nesta quarta-feira (25). Com isso, atingiu 58,5% do Produto Interno Bruto (PIB), contra 58,9% em dezembro do ano passado.

“O estoque de crédito do sistema financeiro diminuiu em janeiro. É normal nesse inicio de ano. Há uma procura menor seguindo a sazonalidade do ciclo de atividade. Já observamos em outros inícios de anos queda do saldo total do crédito. A partir de fevereiro, começa a recuperar”, avaliou o chefe do Departamento Econômico do BC, Túlio Maciel.

fev
25

Venda de automóveis cai 30% e gera crise em montadoras

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Setor de automóveis nacionais em Ribeirão Preto teve alta de quase 30% em março (Foto: Reprodução EPTV)A venda de veículos caiu 31,4% no Brasil em janeiro, na comparação com dezembro de 2014, anunciou nesta segunda-feira (2) a Fenabrave, associação dos concessionários. Foram comercializados 253.807 veículos, contra 370.018 unidades no último mês de 2014.

Até na comparação com o mesmo mês do ano passado, o primeiro mês de 2015 foi pior. Em janeiro de 2014, foram emplacados 312.591 veículos, o que representa queda de 18,8%. Entre os automóveis e comerciais leves foram 185.074 unidades, contra 271.988 veículos de dezembro. A queda foi de 32%. Confrontrando com o mesmo período de 2014, quando foram emplacados 227.893 carros, houve redução de 18,8%.

A queda na venda de motos foi menor. As 108.640 unidades vendidas em janeiro representam redução de 14,9% ante as 127.719 motos de dezembro de 2014 e 18,7% menos do que as 133.659 de janeiro do ano passado.

fev
23

Dica: Cuidado com as liquidações no início de ano

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Início de ano lembra pagamento de impostos como IPTU, IPVA, compras com cartão de crédito, material escolar e, claro, liquidação. Tudo isso já virou tradição para o brasileiro. De acordo com o economista Adelmo Freire, da Associação Comercial do Rio Grande do Norte, apesar de serem atrativas, as liquidações devem ser aproveitadas com “moderação”. 

“O consumidor ficar atento antes de efetuar as suas compras, fazer uma pesquisa antes da compra é sempre uma ótima recomendação pois existem o conhecido preço metade do dobro ou com preço maquiado”, destaca. Na lista das dicas para aproveitar esse momento – em que os preços ficam menores e não comprometer o orçamento familiar – é necessário seguir as orientações como:

 - Pesquisar em diversas lojas antes de tomar a decisão;
- Nada de compra por impulso , só porque o preço está atrativo;
- Sem pressa, avalie bem a mercadoria , no caso de roupa prefira as mais clássicas e de cores neutras;
- Cuidado com a famosa PAGUE 2 LEVE 3, veja se compensa;
- Análise bem o produto se não tem defeitos ou se é produto em exposição;
- Verificar se o estabelecimento possui sistema de troca;
- Nunca deixe de pedir a Nota Fiscal;

Os economistas destacam ainda a importância do controle financeiro. Por exemplo um jovem solteiro universitário morando com os pais pode gastar mais do que uma pessoa casada com filhos , mas existe uma regra básica para poder gerenciar as despesas: transporte, vestuário e alimentação 25%; moradia 20%; educação 20% e lazer 15%. Além da poupança  e fundo de Aposentadoria 20%.

“Apesar de ser um cenário ideal para os gastos pessoais entendo que fica muito fora da realidade da maioria das pessoas , com isso é tentar manter o equilíbrio entre os gastos e necessidades com o salário”, destaca Adelmo Freire.

fev
20

Setor de serviços fecha 2014 com crescimento de 6%

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O setor de serviços do País teve crescimento de 4,2% em dezembro de 2014, fechando o ano com crescimento de 6%. O índice aponta desaceleração e é o menor desde 2012. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgados pelo IBGE na manhã desta sexta-feira (20).

Entre os cinco grupos de atividade analisados pela pesquisa, apenas o de serviços de informação e comunicação teve queda em dezembro em relação ao mesmo mês de 2013 (-1,2%). Em novembro e outubro as taxas de crescimento foram de 1,0% e 2,1%, respectivamente. Esse grupo abrange serviços de telecomunicações e de tecnologia da informação

Os dois grupos com maior crescimento foram os serviços prestados às famílias (8,9%) e serviços profissionais, administrativos e complementares (10,9%).

O crescimento de serviços profissionais, administrativos e complementares foi superior à alta de novembro (6,6%). O aquecimento na demanda por serviços de limpeza em prédios e domicílios e serviços de segurança contribuiu para o crescimento do grupo em dezembro de 2014.

Transportes, serviços auxiliares de transportes e correios cresceram 4,8% no último mês de 2014 em relação a dezembro do ano anterior e superou a taxa de novembro (3,9%) e de outubro (3,1%). Por modalidade, o grupo que mais cresceu foi o de transportes aquaviários, que teve de 25,9%.

O segmento outros serviços, que inclui serviços de intermediação em transação de títulos e valores imobiliários, teve crescimento de 3,2%, abaixo dos índices de novembro (6,5%) e de outubro (11,4%).

fev
19

Juros para financiar a casa própria na Caixa sobem

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Os juros para financiar a casa própria pela Caixa Econômica Federal estão mais altos. O banco anunciou o reajuste, alegando que a taxa básica de juros (Selic) vem subindo –está em 11,75% ao ano, e deve subir mais.

As novas taxas valem somente para novos contratos, ou seja, os financiamentos que já estão em andamento não sofrerão reajuste. Os juros não mudam para imóveis financiados usando recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) ou peloprograma “Minha Casa, Minha Vida”.

fev
19

Pronatec aprendiz pode ofertar 12 milhões de vagas para jovens

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O ministro da Educação, Cid Gomes, espera oferecer 12 milhões de vagas para jovem aprendiz até o final de 2018.  “A meta do Pronatec para esse período (segundo mandato da presidenta Dilma Rousseff) é abrir 12 milhões de vagas. Existe já um programa nacional, que é o Menor Aprendiz. E esse programa está muito presente em grandes e médias empresas, até por obrigatoriedade. Mas essas empresas só representam 5% do universo empresarial, então agora queremos massificar”, disse Cid Gomes, após um encontro com o ministro da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif, em que assinaram cooperação entre as pastas para custear o treinamento de jovens em empresas de pequeno porte.

Afif explicou que, atualmente, cabe às grandes empresas arcar com os custos de acompanhamento do jovem durante o período de estágio dentro da empresa. No caso das micro e pequenas empresas, que representam 95% do universo empresarial do país, o Pronatec Aprendiz vai cobrir os custos de treinamento e acompanhamento, cabendo a elas apenas o pagamento do salário. Outra mudança é a possibilidade de o jovem ingressar no mercado com 14 anos.

fev
15

Ministério da Fazenda desmente boatos sobre confisco da poupança

Autor 0    Categorias Brasil, Economia     Tags

O Ministério da Fazenda publicou nota, nesta sexta-feira (13), desmentindo boatos que têm circulado nas redes sociais, sobretudo no Whatsapp, de que haverá confisco da poupança ou de outras aplicações financeiras. Veja a nota na íntegra.

O Ministério da Fazenda vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

1. Não procedem as informações que estariam circulando pela mídia social de que haveria risco de confisco da poupança ou de outras aplicações financeiras;

2. Tais informações são totalmente desprovidas de fundamento, não se conformando com a política econômica de transparência e a valorização do aumento da taxa de poupança de nossa sociedade, promovida pelo governo, através do Ministério da Fazenda.

fev
13

Petrobras anuncia redução no preço do combustível para o Paraguai

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Petrobras anunciou a quarta redução seguida nos preços dos combustíveis, só que no Paraguai. A empresa brasileira é uma das principais fornecedoras para o país vizinho.

Quem mora em Ponta Porã só precisa atravessar uma avenida para fazer economia, na hora de encher o tanque. O preço da gasolina já está mais barato que no Brasil, R$ 2,97, e vai cair ainda mais.

A Petrobras anunciou que a partir da segunda-feira de carnaval (16), o litro deve chegar a R$ 2,80, valor que pode ter uma pequena variação por causa da cotação do dólar, referência para a conversão de moedas.

Esta é a quarta vez, só este ano, que a Petrobras anuncia uma redução nos preços dos combustíveis, no Paraguai. Outras duas distribuidoras seguem o mesmo caminho de queda nos valores da gasolina e do óleo diesel porque no mercado internacional, o preço do barril de petróleo vem caindo.

No Brasil, o cenário é diferente e para o consumidor, a matemática está complicada. O que provocou o reajuste dos preços, no início de fevereiro, foi o aumento dos impostos sobre os combustíveis: PIS e Cofins, que tiveram impacto médio de R$ 0,22 sobre a gasolina e R$ 0,15 sobre o diesel.

A presença de brasileiros nos postos paraguaios aumentou mais de 20% nos últimos 15 dias e a expectativa de vendas é ainda melhor para a próxima semana, quando os preços na bomba devem cair ainda mais.

fev
11

Governo quer arrecadar R$ 5,1 bilhões com fiscalização na área trabalhista

Autor 0    Categorias Brasil, Economia     Tags

O Ministério do Trabalho  anunciou hoje (11) pacote de medidas de fiscalização visando a arrecadar R$ 5,1 bilhões até o final do ano. Do total, R$ 2,5 bilhões virão da execução do Plano Nacional de Combate à Informalidade. O restante, R$ 2,6 bilhões, será proveniente das medidas combate à  sonegação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Para fechar o cerco em relação à sonegação, o pacote inclui o envio ao Congresso Nacional de projeto de lei para aumentar o valor da multa para o empregador que mantém o empregado sem carteira assinada. Atualmente, o valor da multa é R$ 402 por trabalhador identificado em situação irregular. A pasta prometeu também capacitar 1,5 mil auditores fiscais para tornar mais eficiente o trabalho de fiscalização.

A meta do governo com as ações relacionadas à formalização de trabalhadores é incluir 400 mil empregados no mercado formal. Em relação à sonegação do FGTS, a meta é superar as 32 mil empresas que foram autuadas em 2014 por deixarem de pagar contribuição.

fev
11

Dólar repete forte alta da véspera e chega a R$ 2,87

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O dólar opera mais uma vez em alta nesta quarta-feira (11), renovando máximas em mais de 10 anos. Às 11h57, o dólar subia 0,75% frente ao real, cotado a R$ 2,8577. Mais cedo, a moeda norte-americana chegou a ser vendida a R$ 2,87.

As compras dominam o mercado conforme investidores veem cada vez mais obstáculos aos ajustes da nova equipe econômica, em meio à leitura de que a presidente Dilma Rousseff tem ficado cada vez mais isolada e com menos apoio da base aliada.

De acordo com a Reuters, as questões de governabilidade ganham corpo em meio à deterioração das expectativas econômicas, riscos de racionamento de água e energia, comunicação errática do Banco Central e chances de mudança no programa de oferta diária de ‘hedge’ cambial.

fev
9

Receita abre hoje consulta a lote da malha fina do IR

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Receita Federal libera, a partir das 9h de hoje (9), consulta ao lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física das declarações de 2008 (ano-base 2007) a 2014 (ano-base 2013).  Ao todo, foram contemplados 160.715 contribuintes, que receberão R$ 300 milhões.

As restituições terão correção de 9,11%, relativa às declarações de 2014, a 66,69%, para as declarações de 2008. Os índices equivalem à taxa Selic – juros básicos da economia – acumulada entre o mês de entrega da declaração até este mês.

A relação dos contribuintes estará disponível na página daReceita Federal na internet. A consulta também pode ser feita pelo telefone 146 ou nos aplicativos da Receita Federal para tablets e smartphones.

Caso o valor não seja creditado nas contas informadas na declaração, o contribuinte deverá receber o dinheiro em qualquer agência do Banco do Brasil. Também é possível ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, no nome do declarante, em qualquer banco.

fev
8

Crise: Brastemp, da Friboi e montadoras dão férias coletivas

Autor 0    Categorias Brasil, Economia     Tags

A fraca atividade econômica e um cenário nada otimista para o futuro estão levando muitos ramos da indústria brasileira a adotar férias coletivas em períodos não convencionais, como o carnaval. O objetivo das empresas é deixar a linha de produção parada, para deter a elevação de estoques indesejados.  Muitas empresas estão dando mais do que a semana inteira do feriado, chegando, em alguns casos, a um mês de descanso.

Dona de marcas como Brastemp e Consul, a Whripool Latin America informa que concedeu férias coletivas aos funcionários das linhas de operação das manufaturas, no período de 9 a 23 de fevereiro, e das áreas administrativas, de 11 a 23 de fevereiro, nas unidades de Rio Claro (SP), Joinville (SC) e São Paulo (SP). Segundo a empresa, “a medida foi adotada para equilibrar o volume de produtos em estoque à demanda de mercado”. Os departamentos de vendas, faturamento, atendimento ao consumidor e logística permanecem operando com equipe reduzida durante o período de férias coletivas. A linha branca também vai sentir o impacto da elevação do IOF, imposto cobrado em operações de crédito ao consumidor.

A Whirpool não informou quantos funcionários terão o descanso forçado, mas a estimativa mínima é de 7,5 mil trabalhadores parados. Segundo Rolf Decker, diretor do Sinditherme (entidade que representa os trabalhadores na região Sul), em Joiville 3,5mil serão afetados. “Está complicado para o trabalhador da linha branca. Negociamos as medidas como forma de evitar demissões.” No interior paulista, o Sindicato dos Metalúrgicos de Limeira e Região, afirma que em Rio Claro serão 4 mil funcionários.

A Eletros (Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos) informa devido ao ritmo mais lento da economia, as empresas podem ser obrigadas a ajustar a produção à atual demanda, mas alega que não tem informação da quantidade de trabalhadores que estarão sujeitos à medida, porém trata-se de uma estratégia individual de cada empresa.

O setor automotivo, de acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), está com 38 dias de estoques, quando o desejado é algo perto de 20 dias. Esse índice mostra que as empresas conseguiriam realizar vendas durante 38 dias sem ter de produzir. As montadoras vivem hoje uma ressaca pós recordes de vendas e produção no País, com o fim dos incentivos do governo federal nos últimos anos.

fev
5

Dólar passa de R$ 2,74 e atinge o maior valor em dez anos

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Em um dia de muita turbulência nos mercados internacionais, a moeda norte-americana encostou em R$ 2,75 e fechou no maior valor em dez anos. O dólar comercial subiu 1,78% (R$ 0,048) e encerrou a sessão vendido a R$ 2,742. A cotação é a mais alta desde 17 de março de 2005, quando tinha fechado em R$ 2,752.

A moeda registrou alta durante todo o dia, mas a cotação acelerou-se a partir das 11h, depois que a renúncia da presidenta da Petrobras, Graça Foster, e de cinco diretores da empresa foi oficialmente confirmada. Na máxima do dia, por volta das 16h, o dólar foi vendido a R$ 2,748.

Também contribuiu para a alta da moeda a divulgação de que a economia norte-americana gerou mais empregos em dezembro do que o inicialmente informado. No último mês de 2014, os Estados Unidos criaram 253 mil postos de trabalho, contra 12 mil inicialmente informados.

Uma recuperação mais forte da atividade nos Estados Unidos abre caminho para que o Federal Reserve (Fed), o Banco Central norte-americano, aumente os juros da maior economia do planeta. Juros mais altos nos Estados Unidos reduzem o fluxo de recursos para países emergentes, como o Brasil, pressionando o dólar para cima.

fev
3

Produção industrial tem pior resultado em 5 anos

Autor 0    Categorias Economia     Tags

 produção industrial brasileira fechou 2014 com queda de 3,2%, o pior índice desde a crise global, em 2009. Em 2013, o indicador tinha registrado alta de 1,2%Os dados foram divulgados nesta terça-feira (3) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O mau desempenho das fábricas tem ampliado as demissões em vários segmentos, de automóveis a mineradoras, aumentando o risco de recessão em 2015.

“O setor industrial fechou vagas de trabalho durante todo o ano de 2014 e deve encolher ainda mais em 2015 diante dos grandes obstáculos que continua enfrentando,” escreveu o chefe de pesquisa para a América Latina do Goldman Sachs, Alberto Ramos. Mesmo com a recente alta do dólar, os economistas não veem grandes chances de recuperação do indicador em 2015.

jan
31

Depois de bater recorde, endividamento das famílias diminui

Autor 0    Categorias Brasil, Economia     Tags

Depois do recorde de outubro, o endividamento das famílias brasileiras caiu em novembro, conforme revelou ontem (30) o Banco Central (BC). De acordo com o BC, em novembro, as famílias deviam 45,8% da renda acumulada em 12 meses, contra 46,03% no mês anterior.

Também caíram a proporção dos gastos com juros e com amortização das dívidas. Os gastos com juros passaram de 9,05% para 8,91% da renda de outubro para novembro. A amortização – pagamento da parte principal da dívida – reduziu de 12,52% para 12,32%.

Diferentemente do endividamento total, as despesas com juros e amortização estão caindo há mais tempo. O pagamento de amortizações bateu recorde em outubro de 2011, alcançando 14,24% da renda.

Os gastos com juros atingiram o maior valor da história em março de 2012, quando somaram 9,22%.

Ao desconsiderar as dívidas com financiamentos imobiliários, o endividamento das famílias correspondeu, em novembro, a 28,06% da renda acumulada em 12 meses, queda em relação a outubro (28,39%).

O nível mais elevado desse indicador, sem o crédito imobiliário, foi registrado em agosto de 2012 (31,51%). Desde janeiro de 2005, o Banco Central mede a dívida das famílias brasileiras. No início da série história, o endividamento correspondia a 18,39% da renda. Sem o crédito imobiliário, a proporção caía para 15,29%. 

jan
31

Gasolina terá aumento de 22 centavos a partir de amanhã

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Começa a valer neste domingo (1º) o decreto do governo federal que altera as alíquotas do PIS (Programa de Integração Social) e da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) sobre a gasolina e o óleo diesel. O aumento dos dois tributos corresponderá a R$ 0,22 por litro da gasolina e R$ 0,15 por litro do diesel, segundo o ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

A Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre a gasolina e o óleo diesel aumentará no dia 1º de maio, quando poderá haver a redução do PIS e da Cofins. As medidas fazem parte do aumento de tributos anunciado na semana passada pelo governo, que espera obter R$ 12,2 bilhões com a arrecadação.

A Petrobras informou que irá repassar o aumento dos tributos para o preço dos principais derivados do petróleo nas refinarias. A elevação preço para o consumidor nos postos de combustíveis irá depender da decisão de cada estabelecimento, e deve ocorrer à medida em que os estoques atuais forem renovados.

jan
28

Petrobras divulga balanço do 3º trimestre sem perdas com corrupção

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Petrobrás divulgou na madrugada desta quarta-feira seu balanço financeiro do terceiro trimestre do ano passado sem incluir as perdas contábeis referentes a desvios por corrupção no âmbito da Operação Lava-Jato.

“Concluímos ser impraticável a exata quantificação destes valores indevidamente reconhecidos, dado que os pagamentos foram efetuados por fornecedores externos e não podem ser rastreados nos registros contábeis da companhia”, diz texto assinado pela presidente da Petrobras, Graça Foster.

“A divulgação das demonstrações contábeis não revisadas pelos auditores independentes do terceiro trimestre de 2014 tem o objetivo de atender obrigações da companhia em contratos de dívida e facultar o acesso às informações aos seus públicos de interesse, cumprindo com o dever de informar ao mercado e agindo com transparência com relação aos eventos recentes que vieram a público no âmbito da Operação Lava-Jato”, diz o comunicado divulgado pela estatal.

“A companhia entende que será necessário realizar ajustes nas demonstrações contábeis para a correção dos valores dos ativos imobilizados que foram impactados por valores relacionados aos atos ilícitos perpetrados por empresas fornecedoras, agentes políticos, funcionários da Petrobras e outras pessoas no âmbito da Operação Lava-Jato”, acrescenta a nota.

“Com objetivo de divulgar as demonstrações contábeis do terceiro trimestre de 2014 revisadas pelos auditores independentes, a companhia está avaliando outras metodologias que atendam às exigências dos órgãos reguladores (CVM e SEC)”, afirma o texto.

A decisão de publicar o balanço sem as perdas contábeis, foi tomada na terça-feira após reunião do Conselho de Administração, que foi presidida pelo ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, e durou mais de sete horas. A estatal já havia adiado a publicação de seu balanço por duas vezes.

O valor de baixas contábeis é referente ao que foi pago em propinas a ex-funcionários da Petrobras, entre eles Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento. A Petrobras usou como base os depoimentos feitos durante a delação premiada à Justiça Federal de ex-funcionários da estatal e executivos do setor envolvidos no esquema de corrupção no âmbito da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal (PF).

No fim de dezembro, a Petrobras também proibiu a contratação de 23 empresas envolvidas em supostos esquemas de cartel para a obtenção de contratos na estatal.

Página 1 de 2512345...1020...Última »
Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Twitter!
@blogdoserido

Twitter

    Últimas

    Arquivos

    Lista de Links

    Previsão do Tempo

    Visitas ao Blog do Seridó