Artigos da categoria Economia
dez
17

Segundo o presidente do Banco Central, inflação aumentará em 2015

Autor 0    Categorias Brasil, Economia     Tags

A inflação deve piorar no ano que vem, de acordo com o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. Ele disse no Congresso Nacional que o pico de preços deve ocorrer no primeiro trimestre de 2015. A futura equipe econômica de Dilma Rousseff participa de encontros a portas fechadas com parlamentares.

dez
16

Após 9 anos, dólar fecha acima de R$ 2,70

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O dólar fechou em alta pelo quinto dia seguido nesta terça-feira (16), reagindo à intensa aversão ao risco nos mercados globais, após a forte alta dos juros da Rússia na noite passada se mostrar insuficiente para evitar o tombo do rublo e em meio à contínua  queda dos preços do petróleo.

A moeda norte-americana fechou cotada a R$ 2,7355, em alta de 1,87%. Veja cotação. Na máxima do dia, chegou a  R$ 2,7614. O valor de fechamento desta terça é novamente o maior desde 2005 – máxima que a moeda vem atingindo nas últimas semanas. No dia 28 de março daquele ano, a divisa fechou a R$ 2,7385, de acordo com dados do Banco Central.

Nas últimas cinco sessões, o dólar acumulou valorização de 5,29%. O dólar vem pressionado pelo ambiente de incertezas internas e externas, com investidores preocupados principalmente com o futuro do programa de intervenções no câmbio do Banco Central brasileiro, e atentos à queda nos preços do petróleo.

dez
15

Receita deposita hoje pagamento do último lote de restituição do IR

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Receita Federal deposita hoje o pagamento do sétimo e último lote de restituições do Imposto de Renda de 2014 (ano-base 2013). O pagamento é feito na agência bancária indicada pelo contribuinte ao fazer a declaração.

O valor da restituição é corrigido pela Selic (taxa básica de juros), mas, após cair na conta, não recebe nenhuma atualização. O lote inclui restituições de 1.427.609 contribuintes, totalizando mais de R$ 1,6 bilhão.

Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte pode acessar o site da Receita Federal (http://zip.net/bsn4Jn) ou ligar para o Receitafone, no número 146. A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá pedi-lo por meio da Internet.

dez
14

Após escândalos, Petrobras vale menos do que antes do pré-sal

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Refinaria Henrique Laje, da Petrobras, em São José dos Campos, interior de São Paulo

Abalada pelas investigações de corrupção e, mais recentemente, pela queda da cotação do petróleo, a Petrobras não para de sofrer os efeitos no preço de suas ações. Sua cotação afundou tanto que na sexta-feira passou a valer na Bolsa de Valores o mesmo que no primeiro ano do governo Lula, como se estivesse paralisada há 11 anos.

A estatal brasileira vale hoje menos do que antes do anúncio das descobertas do pré-sal. Para os investidores do mercado financeiro, é como se as reservas gigantes de petróleo, anunciadas em novembro de 2007, tivessem perdido todo o valor.

No auge da cotação da empresa, em 21 de maio de 2008, seu valor a preços de hoje, já considerando a inflação, era de R$ 737 bilhões. De lá para cá, queimou-se no mercado R$ 610 bilhões. Para se ter uma ideia da dinheirama, é como se a companhia tivesse perdido toda a produção anual de Portugal. Ou quatro vezes o Produto Interno Bruto (PIB) do Uruguai.

Toda essa perda não se deve apenas ao inferno astral do momento. As perdas começaram logo em 2008, por causa da crise financeira global. No ano passado, a Petrobras teve outra grande perda porque não pôde reajustar os preços da gasolina para não pressionar a inflação. Em 2014, a cotação estava começando a se recuperar, quando as notícias de corrupção atingiram a empresa. Foi assim que na sexta-feira a estatal passou a valer R$ 127 bilhões.

Os números já ajustados pela inflação foram compilados pela consultoria Economática, a pedido do Estado. Aplicar a inflação é importante porque traz o passado para os preços de hoje, como diz o gerente da consultoria, Einar Rivero. Dá o real poder de compra do dinheiro. “O dólar hoje está caro ou está barato? Eu digo que está barato porque vale R$ 2,60. Olhando o dólar de 2002 e aplicando a inflação do período eu teria de ter R$ 8,25 de hoje para comprar dólares. Está barato.”

No caso das ações da Petrobras, não há quem arrisque dizer se o papel está caro ou barato. São muitas as incertezas em relação à empresa, que ainda podem jogar os preços mais para baixo. Não se sabe, por exemplo, o impacto no balanço da companhia quando reconhecer – se reconhecer – as propinas pagas e denunciadas por ex-diretores. Nem sequer o balanço auditado do terceiro trimestre foi publicado e, se isso não for feito até 31 de janeiro, alguns bilhões em dívidas terão de ser pagos antecipadamente.

A empresa ainda enfrenta uma ação movida por acionistas minoritários que pedem indenizações milionárias na Justiça americana. Para complicar, os preços do petróleo estão em níveis que, no curto prazo, ajudam o caixa da companhia, mas se permanecerem por muito tempo na faixa dos US$ 60 podem inviabilizar investimentos – até mesmo no pré-sal. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

dez
11

Novo salário mínimo será arredondado para R$ 790,00

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O relator do Orçamento de 2015, senador Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou ontem que o valor do salário mínimo previsto para vigorar no ano que vem será arredondado para R$ 790. O estabelecido na proposta orçamentária encaminhada pelo Executivo era de R$ 788,06. Esse incremento, disse Jucá, terá impacto de cerca de R$ 1,2 bilhão. O novo valor representa um aumento de 9,1% ou de R$ 66 em relação ao que está em vigor hoje, de R$ 724.

“(O arredondamento) é exatamente para facilitar a vida dos trabalhadores, das empresas e para garantir um ganho real no reajuste”, afirmou Romero Jucá. O valor exato do salário mínimo de 2015 só será conhecido, no entanto, com um decreto editado pela presidente Dilma Rousseff no final do ano.

O mínimo é calculado a partir de uma forma que leva em conta a inflação do ano anterior e o crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. “Se houver alguma mudança na questão da inflação ou do crescimento, o salário mínimo é o resultado dessa equação. Se houver um número surpresa, o salário (mínimo) poderá ser ajustado até o fim da votação (do Orçamento)”, concluiu.

dez
8

Mercado baixa previsão para PIB e vê inflação no limite da meta em 2015

Autor 0    Categorias Economia     Tags

As perspectivas dos economistas do mercado financeiro tiveram nova piora. As estimativas de crescimento para a economia ficaram menores para este ano e para 2015, e a previsão para a inflação do próximo ano chegou ao limite da meta do governo. Os dados são do boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (8). O relatório é fruto de pesquisa com mais de 100 instituições financeiras.

Para este ano, a expectativa dos economistas para a inflação recuou de 6,43% para 6,38%. Para 2015, no entanto, a estimativa subiu de 6,49% para 6,5%. A meta de inflação é de 4,5%, com tolerância de dois pontos para mais ou para menos. Dessa forma, o teto é de 6,5%.

Em doze meses até novembro, segundo informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na semana passada, o IPCA, considerada a inflação oficial do país, ficou em 6,56% – valor que ainda está acima do teto de 6,5%. A meta, porém, vale somente para anos fechados.

dez
7

Último lote de restituição do IR 2014 vai mostrar quem caiu na malha fina

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Receita Federal libera nesta semana consulta ao último lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2014. Os contribuintes que não foram listados devem acessar o extrato da declaração para identificar os motivos que o levaram à malha fina. O documento fica disponível no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento).

A consulta será disponibilizada na página da Receita na internet . Ela também poderá ser feita pelo telefone 146 ou por meio de tablets e smartphones com os sistemas iOS (Apple) ou Android. O dinheiro será depositado no banco no dia 15.

Todos os anos, a Receita libera sete lotes regulares de restituições – o primeiro em junho e o último em dezembro. Nos meses seguintes, à medida que as declarações em malha são corrigidas, vão sendo liberados lotes residuais.

Pelas normas da Receita, a restituição fica disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, usando o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

nov
28

Termina nesta sexta prazo para pagamento da 1ª parcela do 13º

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Termina nesta sexta-feira (28) o prazo para que as empresas paguem aos seus funcionários o adiantamento da primeira parcela do 13º salário. A segunda parcela, por sua vez, precisa ser depositada na conta dos trabalhadores até o dia 19 de dezembro, prevê a legislação. Aqueles que pediram o adiantamento do 13º nas férias, contudo, não recebem a primeira parcela agora (pois já receberam), apenas a segunda. A primeira parte representa metade do salário que o funcionário ganha.

O pagamento do 13º salário é feito com base no salário de dezembro, exceto no caso de empregados que recebem salários variáveis, por meio de comissões ou percentagens – nesse caso, o 13º deve perfazer a média anual de salários. Cabe ao empregador a decisão de pagar em uma ou duas parcelas. No caso de ser apenas em uma única vez, o pagamento deve ter sido feito até esta sexta.

O Imposto de Renda e o desconto do INSS incidem sobre o 13º salário. Os descontos ocorrem sobre o valor integral do 13º salário na segunda parcela. O FGTS é devido tanto na primeira como na segunda parcela.

O pagamento do 13° salário deve injetar R$ 158 bilhões na economia, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O número de pessoas com direito ao benefício soma 84,7 milhões, dos quais 61,4% são empregados formais (52 milhões de pessoas) e 38,6% (32,7 milhões) são aposentados ou pensionistas da Previdência Social.

nov
27

Novo ministro da Fazenda fala em corte de despesas

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O ministro da Fazenda nomeado, Joaquim Levy, informou nesta quinta-feira (27) que a meta de superávit primário, a economia feita para pagar juros da dívida pública e tentar manter sua trajetória de queda, será de 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) para todo o setor público consolidado (governo, estados e municípios) em 2015. Este ano, a meta fixada é de 1,9%.

Joaquim Levy foi confirmado como próximo ministro da Fazenda nesta quinta pelo Palácio do Planalto, em substituição a Guido Mantega. Também foram confirmados os nomes de Nelson Barbosa como próximo ministro do Planejamento, e a permanência de Alexandre Tombini no comando do Banco Central.

nov
23

Itens da ceia de Natal estão mais caros

Autor 1    Categorias Economia     Tags

Aves, queijos finos, frutas variadas, o tradicional panetone, bebidas. Itens que costumam compor a mesa da ceia natalina começam a aparecer nas prateleiras dos supermercados da capital potiguar, alguns com até 20% de reajuste em relação a 2013. Entretanto, há discordâncias dentro do setor. Para alguns, a expectativa é que os preços não subam muito além da inflação, que deve terminar o ano perto da meta do Governo, 6,5%. Os produtos que devem sofrer reajustes maiores são os importados, especialmente bebidas, azeites e bacalhau, além daqueles que possuem matéria-prima importada, como o trigo.

De acordo com o economista e consultor financeiro Janduir Nóbrega, as razões passam pela alta do dólar, questões climáticas, entressafra de alguns produtos e encarecimento do óleo diesel, o que também eleva o preço do transporte de carga e, consequentemente, dos valores de produção.

nov
21

IPI de carros sobe em janeiro

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Lojas de usados viveram crise em 2012, quando começou o desconto no IPI (Foto: Caio Kenji/G1)

Após conversa com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em Brasília, o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, declarou, nesta quinta-feira (20), que o Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente sobre os automóveis terá aumento em janeiro de 2015.

“A questão do IPI já era para nos um fato consumado. Eu não tenho dúvidas [que em janeiro sobe]. Obviamente que eu toquei no assunto [do IPI com o ministro da Fazenda], mas a posição, como sempre, desde as reuniões anteriores, é de que há uma decisão do governo pela implementação da alíquota cheia do IPI em janeiro. Eu não pedi explicação. Essa é a posição do Ministério da Fazenda. Se vai ser repassado [para os preços], é uma decisão individual de cada empresa”, disse Moan a jornalistas.

nov
21

Prazo para pagamento da primeira parcela do 13º salário vence no próximo dia 30

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Começou a contagem regressiva para colocar a primeira parcela do 13º salário no bolso. Como este ano o dia 30 de novembro, prazo final para quitar a metade da gratificação, cai no domingo, o empregador deve antecipar o pagamento para o último dia útil anterior, ou seja, na sexta (dia 28) ou no sábado (dia 29), de acordo com o dia de trabalho.

Tem direito a bonificação natalina todo o trabalhador  com carteira assinada, bem como os aposentados, pensionistas e trabalhadores avulsos. Os empregados domésticos têm os mesmos critérios dos assalariados, para quem tem pelo menos um ano de casa. O abono será integral e equivalente ao salário de dezembro, sem descontos eferentes aos itens relacionados a vestuário, vale-transporte, refeições, entre outros.

O descumprimento dos prazos resulta numa multa de R$ 170,25 por empregado encontrado em situação irregular. Caso a empresa seja reincidente, o valor da multa dobra. A segunda parcela deverá ser paga até o dia 20 de dezembro.

nov
20

Produção industrial sobe a 50,8 pontos em outubro

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A produção industrial brasileira registrou, em outubro, o primeiro crescimento após 11 meses em contração, de acordo com sondagem realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgada nesta quinta-feira.

O índice que mede a produção subiu de 49,7 para 50,8 pontos entre setembro e outubro. O indicador varia de zero a cem pontos, sendo que valores acima de 50 representam aumento na produção em relação ao mês anterior. Em outubro do ano passado, o índice marcava 54,5 pontos.

Apesar da alta, a CNI não vê o dado positivamente. “Embora outubro mostre melhora na comparação com os meses anteriores (aumento tanto da produção quanto na utilização da capacidade), a atividade industrial segue fraca, abaixo do observado no mesmo mês de anos anteriores”, avaliou, em nota, a entidade patronal. A utilização da capacidade instalada (UCI) subiu de 72% para 73%. Mas em relação a outubro de 2013, quando a utilização era de 75%, a indústria está mais ociosa.

O indicador relativo à utilização de capacidade efetiva-usual, que considera a UCI comum para o mês, fechou outubro em 42,9 pontos, frente a 42,5 pontos em setembro.

O indicador de nível de emprego na indústria continuou a mostrar contração, mas desta vez menor, de 47,1 pontos no mês passado, ante 46,8 pontos em setembro.

nov
17

Economistas aumentam levemente expectativa para inflação e PIB em 2014

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Economistas de instituições financeiras elevaram levemente a estimativa para a inflação oficial e para o crescimento econômico neste ano, mantendo quase todas as outras previsões, mostrou nesta segunda-feira a pesquisa Focus do Banco Central.

A projeção para a alta da inflação, medida pelo IPCA, neste ano subiu a 6,40%, contra 6,39% na semana anterior. Para 2015, as contas permaneceram com alta de 6,40%.

Já a expectativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano passou a 0,21%, em relação aos 0,20% no último levantamento. Para 2015, a estimativa de expansão de 0,80% não foi mexida.

Sobre o dólar, os especialistas consultados elevaram pela terceira semana seguida suas perspectivas, a R$ 2,53 no final deste ano, ante R$ 2,50. Para 2015, as contas também foram elevadas, a R$ 2,61, sobre R$ 2,60.

nov
15

Pela 1ª vez desde 2005, dólar fecha acima de R$ 2,60

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Em alta pelo terceiro dia seguido, a moeda norte-americana fechou em R$ 2,60, no maior valor em nove anos. O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 2,601, com alta de 0,23%. O valor é o mais alto desde 18 de abril de 2005, quando a cotação tinha fechado em R$ 2,616.

O dia foi marcado pela volatilidade no mercado financeiro. No início da manhã, a cotação disparou. Por volta das 11h, o dólar chegou a atingir R$ 2,627. A alta, no entanto, arrefeceu no início da tarde. Às 16h30, a moeda chegou a cair para R$ 2,594, mas voltou a ficar acima de R$ 2,60 nos minutos finais da sessão. O dólar acumula alta de 4,92% em novembro e de 10,32% no ano.

A instabilidade é agravada pelo cenário externo, principalmente depois que o Federal Reserve (Fed), o Banco Central norte-americano, encerrou o programa de injeções de dólares na economia mundial motivado pela recuperação do emprego nos Estados Unidos.

nov
14

Segundo IBGE, vendas do comércio cresceram em setembro

Autor 0    Categorias Economia     Tags

As vendas do comércio varejista brasileiro cresceram 0,4% em setembro, na comparação com o mês anterior, segundo dados Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta sexta-feira (14). No ano, de janeiro a setembro, o varejo acumula alta de 2,6% e, em 12 meses, de 3,4%. Na comparação com agosto do ano passado, o comércio mostrou alta de 0,5%, primeiro avanço após duas quedas seguidas.

Também na comparação com agosto, a receita nominal cresceu 0,7%. Tanto na série de volume quanto na de receita nominal os resultados são positivos pelo segundo mês consecutivo, depois de dois meses negativos.

Quanto à média móvel, o volume de vendas obteve variação de 0,2%, revertendo um quadro negativo de seis meses, enquanto a receita apresentou aumento de 0,5%, mantendo o resultado positivo dos meses anteriores.

nov
5

Brasil: Preço de imóveis continua subindo, mas com menos força

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O preço dos imóveis continua subindo no Brasil, mas esse ritmo é cada vez menor, segundo o índice FipeZap divulgado nesta quarta-feira (5). Considerando a variação acumulada dos últimos 12 meses (outubro de 2013 a outubro de 2014), a variação é de 8,23%. Embora o valor seja superior à inflação oficial do período (calculada em 6,75% para setembro), os dados mostram que, pelo 11º mês consecutivo, há queda no índice.

Calculado pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), o índice acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 20 municípios brasileiros com base em anúncios da internet.

De acordo com a Fipe, “esse resultado reforça a tendência de desaceleração dos preços dos imóveis no País”.

Na comparação com setembro de 2014, a variação do Índice FipeZap Ampliado foi de 0,45%. Esse valor é menor do que a variação do IPCA de 0,50% esperada para o mês — ou seja, outubro registrou uma queda de preços dos imóveis em termos reais.

Nesse quesito, os destaques foram São Paulo (0,30%) e Rio de Janeiro (0,35%), que registraram a menor variação mensal desde o início da série histórica, em 2008. Além dessas, em outras cinco cidades a variação do preço médio do metro quadrado foi menor do que a variação esperada da inflação.

nov
5

Petrobras pedirá aumento de 5% no preço da gasolina

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A presidente da estatal, Maria das Graças Foster, vai pleitear um aumento de 5% no preço da gasolina. Ela estará em Brasília, onde vai apresentar sua proposta na reunião. O encontro, diz uma fonte que não quis se identificar, será feito via teleconferência, com parte dos conselheiros em São Paulo e Rio de Janeiro.

Na sexta-feira, os conselheiros decidiram interromper a reunião, após os auditores da PwC se recusarem a aprovar o balanço do terceiro trimestre da Petrobras com a permanência de Sergio Machado no comando da Transpetro, subsidiária da estatal, já que seu nome foi citado no depoimento do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa ao Ministério Público, no âmbito da Operação Lava-Jato.

- É grande a chance de o governo aceitar a proposta de reajuste que será apresentada pela Graça. O número seria maior, mas houve queda na cotação do petróleo no mercado internacional. Apesar disso, a empresa ainda acumula muitas perdas ao longo deste ano (com a defasagem dos combustíveis). No fim do ano passado,o aumento na gasolina foi de 4%. Acredito que haverá, sim, o aumento do combustível hoje – disse essa fonte.

nov
5

Governo federal perdeu R$ 105 bilhões com crise do setor elétrico

Autor 0    Categorias Brasil, Economia     Tags

O governo federal deixou de arrecadar 105 bilhões de reais com a crise do setor elétrico, desde a publicação da Medida Provisória 579 em setembro de 2012 que determinava a redução das tarifas e a renovação das concessões de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. O valor equivale a um ano de receitas das distribuidoras de energia.

Os cálculos foram realizados pelo especialista do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), Adriano Pires, e pelo especialista da Consultoria PSR, Mário Veiga. “O racionamento em 2001 causou um rombo de 25 bilhões de reais. Essa crise, sem racionamento, já custou o quádruplo”, disse Pires.

out
30

STF autoriza cobrança de INSS sobre participação em lucros até 1994

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O Supremo Tribunal Federal (STF) validou nesta quinta-feira (30) a cobrança de contribuições previdenciárias sobre valores referentes à Participação em Lucros e Resultados (PLR) recebidas por empregados entre 1988 e 1994.

Uma lei de 1994 tornou obrigatório o pagamento da PLR, mas definiu que ela não fazia parte do salário, sobre o qual incide a contribuição previdenciária. Até então, várias empresas, no entanto, já entendiam dessa forma com base na interpretação de uma regra da própria Constituição de 1988. Apesar disso, o INSS fez a cobrança da contribuição até 1994 e passou a registrar os débitos, o que levou as empresas a recorrer à Justiça.

No julgamento desta quinta, os ministros decidiram acatar um recurso do INSS que contestava decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região que proibia a cobrança feita às empresas.

out
28

Governo prepara reajuste da gasolina

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O governo espera acalmar o mercado financeiro com o anúncio, em breve, do reajuste dos preços dos combustíveis, informou uma fonte no governo. Em uma só tacada, a ideia é aplacar o mau humor do mercado e atender às necessidades de recomposição de caixa da Petrobras.

O Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, apurou, porém, que o reajuste deve ser menor do que vem pedindo a presidente da estatal, Graça Foster, nos últimos meses.

O Palácio do Planalto ainda não bateu o martelo sobre quando será o aumento de preço, mas o tema está na pauta da reunião do conselho de administração da companhia.

Na manhã seguinte ao resultado das eleições, a Petrobras divulgou dois comunicados positivos aos investidores, mas, ainda assim, as ações se mantiveram em queda durante o dia. As ações preferenciais caíram 12,33% e as ordinárias, 11,34%.

out
19

Economia com o horário de verão deverá ultrapassar 250 milhões de reais

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A economia com o horário de verão será menor neste ano por causa da forte estiagem registrada no país. A meta do governo federal é economizar R$ 278 milhões, valor 31% menor em comparação ao horário de verão passado, que resultou em uma economia de R$ 405 milhões.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, a escassez de chuvas obrigou o governo a usar energia gerada pelas usinas térmicas, que custa mais caro do que a produzida pelas hidrelétricas.

out
18

Pesquisa: 43% dos brasileiros têm contas atrasadas

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Até o final do mês passado, 43% dos brasileiros estavam com no mínimo uma conta, carnê, prestação ou dívida com pagamento atrasado. Uma parcela de 31% dessas pessoas está há um período entre três meses e mais de um ano sem quitar a fatura mensal do cartão de crédito. O atraso na complementação necessária para sair do cheque especial é pouco menor: 25% delas têm dívidas nessa modalidade.

Os dados são de uma pesquisa que ouviu 2.486 pessoas de todas as regiões do país, entre 13 e 25 de agosto, realizada pela Cristina Panella Planejamento e Pesquisa com a agência Leadpix.

out
16

Economia cresce 0,27% em agosto, segundo ‘prévia do PIB’ do Banco Central

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A economia brasileira cresceu 0,27% em agosto em relação a julho, no segundo mês seguido de alta, de acordo com dados do Banco Central divulgados nesta quinta-feira (16). Na comparação com agosto do ano passado, a atividade econômica registrou queda de 0,15%. Em julho, o índice tinha subido 1,5%, no melhor resultado mensal desde 2008.

No acumulado do ano até agosto, a economia apresenta leve alta de 0,04%, segundo dados do BC. Em 12 meses, o crescimento é de 0,93%. O IBC-Br incorpora estimativas para a produção nos três setores básicos da economia: serviços, indústria e agropecuária.

out
11

Primeira parcela do FPM de outubro tem 4,3% de aumento em termos reais

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), referente à primeira parcela de outubro, será de R$ 2.314.206.315,86. O montante partilhado entre as prefeituras entrou nas contas nesta sexta-feira (10). No entanto, a cifra leva em consideração o percentual destinado ao Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb); sem essa retenção, em valores brutos, o valor chega R$ 2.892.757.894,83.

Conforme cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM), em termos reais, o primeiro repasse do Fundo apresenta aumento de 16,0% em relação ao repasse feito no mesmo período do ano passado. E ao somá-lo com o acumulado de 2014, o FPM apresenta crescimento de 4,3%, em termos reais, estando em torno de R$ 61 bilhões. No mesmo período de 2013, o acumulado estava na média dos R$ 58 bilhões.

Em relação à última projeção da Receita Federal do Brasil, divulgada no início de setembro, o repasse total do mês de outubro deve ser 2% maior que o valor total transferido aos Municípios em setembro. Mas, conforme ocorre historicamente no FPM, esse 1.º decêndio do mês está 13,85% menor, se comparado com o primeiro repasse feito no mês passado.

out
6

Mercado estima leve alta para inflação em 2014

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Pela terceira vez nas últimas semanas, analistas do mercado financeiro e investidores elevaram a estimativa de inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – considerada a inflação ofical do país. A nova expectativa para 2014 passou de 6,31% para 6,32%.

Para o crescimento da economia, o pessimismo permanece e o setor projeta 0,24% e não mais 0,29% como no levantamento anterior, com a produção industrial negativa e em queda de 2,14%.

Houve elevação também na projeção do câmbio, que passou de R$ 2,35 para R$ 2,40. O mercado financeiro não alterou a perspectiva para taxa básica de juros (Selic), mantida em 11% ao ano, com a dívida liquida do setor público em 35% em proporção do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todas as riquezas produzidas no país.

set
16

Maioria dos brasileiros não poupa, diz pesquisa

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A maioria dos brasileiros não se preocupa em poupar. Esta é a conclusão de uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (15) pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi), que reúne 75 seguradoras e entidades de previdência privada no país.

No levantamento, 78% dos entrevistados declararam não ter uma reserva financeira, enquanto 30% disseram poupar parte da renda mensal.

O estudo, realizado pelo instituto Ipsos, entrevistou 1,5 mil brasileiros com idade entre 20 e mais de 60 anos, pertencentes a todas as classes sociais. A pesquisa foi realizada em domicílios localizados nas cinco regiões do país.
Maioria guarda até 10% da renda

Entre os poupadores, a maioria (52%) guarda até 10% do orçamento mensal, e 26% conseguem reservar entre 10% e 20% do orçamento do mês. Apenas 2% conseguem poupar 40% ou mais do que ganha por mês.

set
15

Aberta Restituições do quarto lote do IR

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Receita Federal credita hoje (15) a restituição do Imposto de Renda 2014 para 2.056.114 contribuintes. Serão depositados neste quarto lote cerca de R$ 2,4 bilhões. Desse total, R$ 168.078.903,86 são destinados a contribuintes idosos. Têm prioridade ainda as pessoas com alguma deficiência física, mental ou doença grave.

O restante – cerca de R$ 2,2 bilhões – será destinado a 2.020.902 contribuintes que apresentaram declarações nos anos 2013 (ano-calendário 2012), 2012 (ano-calendário 2011), 2011 (ano-calendário 2010), 2010 (ano-calendário 2009), 2009 (ano-calendário 2008) e 2008 (ano-calendário 2007).

set
7

Preço da energia elétrica já acumula alta de 11,66% no ano

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 0,1% em julho para 0,25% em agosto e, apesar de ter ficado dentro das previsões dos especialistas, a taxa em 12 meses chegou a 6,51%, rompendo o teto da meta do governo pela segunda vez este ano. A tarifa de energia elétrica subiu 1,75% no mês e já acumula alta de 11,66% no ano, a maior entre os grupos dos preços administrados – aqueles cujos reajustes são controlados pelo governo. Nos últimos 12 meses, o avanço chega a 13,58%, mais que o dobro da inflação no período.

Esse salto é decorrente dos reajustes autorizados pelo governo para as distribuidoras de energia, afetadas pela prolongada estiagem, que exigiu um uso mais intensivo das termelétricas, cujo custo de operação é maior. Até agora, 50 concessionárias aumentaram tarifas, com percentual de 17,72%, em média. Para 40 delas, a correção superou a inflação dos últimos 12 meses.

O maior aumento foi anunciado recentemente pela Elektro: 35,77%. A concessionária atende a 2,4 milhões de unidades consumidoras em 233 municípios paulistas. Para os próximos meses, há outros 14 reajustes previstos.

set
7

Lotofácil da Independência sorteia R$ 80 milhões hoje

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O concurso nº 1.102 da Lotofácil da Independência, concurso especial das Loterias Caixa realizado em comemoração à Proclamação da Independência do Brasil, tem estimativa inicial de prêmio de nada menos que 80 milhões de reais.

O sorteio será realizado a partir das 10h, no Caminhão da Sorte da Caixa – que estará no Parque da Independência, em São Paulo (SP) – e será transmitido ao vivo pela Rede TV!, no programa Momento da Sorte.

Assim como os outros concursos especiais, na Lotofácil da Independência o prêmio principal não acumula. Se não houver nenhum ganhador na faixa principal (15 números) o prêmio será dividido entre os sorteados da 2ª faixa (14 números) e assim por diante.

Página 1 de 2312345...1020...Última »
Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Twitter!
@blogdoserido

Twitter

    Últimas

    Arquivos

    Lista de Links

    Previsão do Tempo

    Visitas ao Blog do Seridó