Artigos da categoria Economia
abr
19

Empresas espremem mais assentos em aviões para garantir lucro

Autor 0    Categorias Economia     Tags

034_334685

Companhias aéreas estão colocando ainda mais assentos na classe econômica dos aviões para proteger suas margens de lucro em época de queda no preço dos bilhetes, gerando preocupações sobre a saúde e a segurança de passageiros e da tripulação.

Design com linhas finas, mais saídas de emergência e a colocação de banheiros e cozinhas em lugares criativos fazem parte desse processo que permite ganhar espaço para espremer mais cadeiras, afirmam observadores da indústria.

“Há várias regras específicas para o transporte de animais, mas isso não acontece no caso dos seres humanos”, disse Charlie Leocha, chefe do grupo de consumidores Travelers United, a um comitê do governo dos EUA que examina o assunto.

A distância de um assento para o outro à frente e ao lado encolheu para 71 centímetros em alguns voos, quando o mais comum são 81 cm na classe econômica, de acordo com fabricantes de cadeiras.

abr
18

Receita Federal publica datas da restituição do IR

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Receita Federal publicou no “Diário Oficial” da União desta sexta-feira (17) o calendário das restituições do Imposto de Renda 2015. As datas dos lotes, no entanto, já haviam sido divulgadas em março.

As restituições serão pagas dia 15 de cada mês, até dezembro. Nos meses em que a data cair em um feriado ou fim de semana, o pagamento será feito no primeiro dia útil subsequente. Veja calendário:

  • 1º lote: 15/06/2015
  • 2º lote: 15/07/2015
  • 3º lote: 17/08/2015
  • 4º lote: 15/09/2015
  • 5º lote: 15/10/2015
  • 6º lote: 16/11/2015
  • 7º lote: 15/12/2015

Idosos com mais de 60 anos e contribuintes que enviam a declaração no início do prazo têm prioridade de pagamento nos primeiros lotes. O valor das restituições é corrigido pela taxa básica de juros da economia, a Selic, a partir de 1º de maio até a data da liberação.

abr
18

Aplicativo destinado a microempresário está disponível para download

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O Qipu, aplicativo para ajudar microempresários a cumprir com as obrigações, está disponível para download. Produzido para plataformas móveis, o aplicativo é gratuito e roda nos sistemasiOS e Android. Em breve, estará disponível também para o  Windows Phone.

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o aplicativo foi criado para atender aos microempresários, que normalmente trabalham sozinhos e têm pouco tempo para dedicar à gestão financeira. O aplicativo, por exemplo,  controla as vendas e compras durante todo o ano e prepara a declaração anual para o empreendedor. Entre as funcionalidades do aplicativo estão as notificações, como lembretes para o pagamento da Declaração de Arrecadação Simplificada (DAS-MEI) e para fazer entrega da Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O microempreendedor individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Para ser um microempreendedor individual, é necessário faturar no máximo até R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. Ele também pode ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

abr
17

Prévia da inflação oficial fica em 1,07% em abril, diz IBGE

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação oficial, ficou em 1,07% em abril, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em março, o índice havia chegado a 1,24%.

Apesar de a taxa ter desacelerado em relação ao mês anterior, o índice de abril é o maior para o mês desde 2003, quando atingiu 1,14%. Em 12 meses, o IPCA-15 ficou em 8,22% – a mais elevada desde janeiro de 2004. No ano, o índice acumula alta de 4,61%. O índice desse mês foi puxado pelo aumento de preços de gastos relativos à habitação e à alimentação.

Em habitação, cuja taxa passou de 2,78% para 3,66%, a maior influência partiu do preço da energia elétrica, que subiu 13,02%, “refletindo reajustes que passaram a vigorar a partir do dia 2 de março, tanto na bandeira tarifária vigente (vermelha) – que aumentou 83,33%, ao passar de R$3,00 para R$5,50 – quanto nas tarifas, com a ocorrência de reajustes extraordinários”, diz o IBGE, em nota.

abr
17

Receita intima 80 mil contribuintes suspeitos de fraudar declarações do IR

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Receita Federal intimou 80 mil pessoas físicas com indícios de infração praticadas na Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (DIRPF). As investigações são relativas às declarações de 2012, 2013 e 2014 (Ano calendário 2011, 2012 e 2013).

Este ano, serão executados aproximadamente 280 mil procedimentos de fiscalização em pessoas físicas, informou o subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Jung.

“A nossa capacidade de identificar fraudes aumentou muito com os primeiros resultados do Laboratório de Lavagem de Dinheiro (LAB-LD), que, associado a um trabalho de monitoramento e gerenciamento de risco dos contribuintes pela [Secretaria de] Fiscalização tem potencializado o grau de acerto na identificação de operações irregulares”, disse Jung.

Com o laboratório, a Receita passou a contar com ferramentas capazes de identificar os computadores de escritórios de contabilidade responsáveis por irregularidades nas declarações de clientes.

abr
16

Em 2 meses, brasileiros pagaram R$ 1,2 bi com taxa extra na conta de luz

Autor 0    Categorias Economia     Tags

tarifa-de-energia_27_fev

Os consumidores brasileiros pagaram, em apenas dois meses, R$ 1,237 bilhão a mais nas contas de luz devido à taxa das bandeiras tarifárias, que começou a vigorar em 2015. Entretanto, apesar de grande, esse volume de recursos não foi suficiente para cobrir as despesas extras das distribuidoras no período.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), foram arrecadados R$ 413,9 milhões via bandeiras tarifárias em janeiro. Com esse valor, foi possível quitar apenas 28,7% dos custos do mês, que somaram R$ 1,443 bilhão.

Em fevereiro, a arrecadação quase dobrou, chegando a R$ 823,1 milhões. Mesmo assim, não foi suficiente para pagar as despesas atreladas de R$ 1,147 bilhão.

De acordo com o diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, o “descasamento” já era esperado pois, em janeiro e fevereiro, o valor cobrado pelas bandeiras foi menor – R$ 3 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) de energia consumidos no caso da bandeira vermelha, que vigorou durante todo o período.

A partir de março, houve aumento da taxa, que passou para R$ 5,50 a cada R$ 100 kWh usados, também na bandeira vermelha. O reajuste foi adotado justamente para arrecadar os recursos que vão financiar parte dos gastos extras do setor elétrico ao longo de 2015.

abr
16

Caixa volta a aumentar juros para financiar a casa própria

Autor 0    Categorias Economia     Tags

image12

A Caixa Econômica Federal voltou a aumentar as taxas de juros do financiamento imobiliário. O ajuste nas taxas para financiamento de imóveis residenciais contratados com recursos da poupança (SBPE) no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) foi de 0,3%. O primeiro aumento de 2015 havia sido aplicado em janeiro.

De acordo com o banco, as novas condições passaram a valer para financiamentos concedidos a partir de 13 de abril. O aumento foi feito “por motivo do aumento das taxas básicas de juros”, segundo informou a Caixa Econômica. Hoje, a Selic está em 12,75% ao ano.

“A Caixa Econômica Federal esclarece que as taxas de juros dos financiamentos habitacionais contratados com recursos do Programa Minha Casa Minha Vida e do FGTS não sofreram qualquer correção em suas taxas de juros ou condições.”

Segundo Daniele Akamines, sócia-diretora da Akamines Negócios Imobiliários, em um financiamento de R$ 200.000,00 no prazo de 420 meses, a primeira prestação passou de R$ 2.024,66 para R$ 2.070,75.

abr
16

Taxa média de juros do cheque especial sobe para 10,9% em abril

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O Procon-SP divulgou nesta quinta-feira (16) uma pesquisa em que aponta que as taxas de juros do cheque especial subiram nos bancos em abril. A taxa média agora foi de 10,9% ao mês, contra 10,55% de março. Nessa pesquisa, foram verificadas as taxas vigentes no dia 2 de abril. Em todos os bancos pesquisados houve elevação:

  • Bradesco: de 10,55% para 10,63% ao mês
  • Caixa Econômica Federal: de 8,19% para 8,65% ao mês
  • HSBC: de 12,37% para 12,62% ao mês
  • Itaú: de 10,56% para 10,64% ao mês
  • Safra: de 9,75% para 10,40% ao mês
  • Banco do Brasil: de 9,16% para 9,86% ao mês
  • Santander: 13,24% para 13,49% ao mês

No item empréstimo pessoal, o Procon apontou que a taxa média se manteve no mesmo nível: em abril foi 6,024% ao mês , e 6,019% em março.

abr
15

Governo propõe na LDO salário mínimo de R$ 854 em 2016

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O salário mínimo no próximo ano será de R$ 854, valor que consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016, enviado hoje (15) pelo governo ao Congresso Nacional.

Pela proposta, o salário mínimo terá aumento de 8,37% a partir de 1º de janeiro. Durante a entrevista, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, explicou que o reajuste foi calculado com base na fórmula adotada nos últimos anos.

Desde 2011, o salário mínimo é reajustado pela inflação do ano anterior, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) de dois anos antes. A fórmula, no entanto, só vale até este ano.

Em março, o governo editou uma medida provisória mantendo a fórmula para os reajustes do mínimo de 2016 a 2019, mas o texto precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional. Sem uma nova lei sobre o tema, o salário mínimo passa a ser definido exclusivamente pela LDO e pelo Orçamento Geral da União, mas os valores precisam ser negociados com os parlamentares ano a ano.

abr
14

OMC prevê que comércio mundial aumente apenas 3,3% em 2015

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O comércio mundial deverá aumentar 3,3% em 2015 e 4% em 2016, diz relatório divulgado hoje (14) pela Organização Mundial do Comércio (OMC).

Com esses números, a OMC revê para baixo as estimativas anteriores para 2015, que apontavam para acréscimos de 5% e, posteriormente, de 4,3%. Em 2014, as trocas comerciais mundiais aumentaram apenas 2,8%, fazendo com que a média dos últimos três anos seja 2,4%.

abr
14

Caixa oferece desconto para financiamento de carro até sexta

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Caixa Econômica Federal oferece até sexta (17) juros a partir de 1,09% ao mês no financiamento de carros na Semana Auto Caixa. As taxas reduzidas são válidas apenas para clientes do banco.

Segundo informações divulgadas pelo Banco Central, a taxa média oferecida pelo banco na modalidade entre os dia 23 a 27 de março era de 1,69% ao mês. O Crédito Auto Caixa financia até 90% do valor de motos e carros, novos ou usados e nacionais ou importados. O pagamento da dívida pode ser parcelado em até 60 meses.

As taxas promocionais estão sujeitas à aprovação de crédito. O cliente deve ir até uma das agências da instituição financeira e apresentar documento de identidade, CPF e comprovantes de residência e renda. É possível simular as condições do financiamento no site do banco (sifec.caixa.gov.br/emp-web/servicos/veiculos/internet/).

abr
13

Mais de 10 milhões de contribuintes já entregaram declaração do Imposto de Renda

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A 17 dias do fim do prazo de entrega do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), 10.119.682 declarações foram encaminhadas à Receita Federal pelos contribuintes até as 17h de hoje (13). O número representa 36,8% do total de 27,5 milhões de declarações que a Receita espera receber até 30 de abril, último dia de entrega.

Este ano, os contribuintes com certificação digital podem fazer a declaração pré-preenchida na página da Receita na internet, na área do e-CAC. Isso também poderá ser feito por um representante do contribuinte que tenha certificação digital e procuração eletrônica registrada no órgão.

No ano passado, 26.883.633 de contribuintes enviaram a declaração do IRPF até o fim do prazo. O número ficou aquém do esperado pela Receita na ocasião, 27 milhões de formulários. Em 2013, 26,1 milhões de pessoas físicas entregaram o documento.

Quanto antes o contribuinte entregar a declaração, com os dados corretos à Receita, mais cedo receberá o valor correspondente à restituição. Têm prioridade no recebimento pessoas com mais de 60 anos de idade, contribuintes com deficiência física ou mental e os que têm doença grave.

abr
12

Emissão de contracheque “online” vai garantir economia de 40 milhões ao Governo Federal

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão vai extinguir a versão impressa dos comprovantes de rendimentos dos servidores públicos federais, aposentados, pensionistas e também dos empregados públicos. A partir do mês que vem, os chamados contracheques serão acessados exclusivamente pela internet. A medida deve gerar uma economia de R$ 40 milhões.

“Ao invés de ter um gasto desperdiçado, porque na maioria das vezes esse contracheque é rasgado e jogado no lixo, vamos economizar isso para aplicar na atividade fim do governo”, disse o secretário de Gestão Pública do ministério, Genildo Lins.

Até agora, os servidores podiam optar pela versão impressa ou online.  A portaria publicada no DOU torna obrigatório informar no Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape) um endereço de e-mail para possibilitar o acesso online ao contracheque eletrônico. A medida de extinção será aplicada de forma escalonada. Em maio, será para servidores e empregados ativos, militares oriundos dos ex-Territórios Federais, estagiários, médicos residentes e contratados temporários. No mês seguinte, junho, aposentados e pensionistas que já possuem e-mail cadastrado passam a fazer parte da medida.

abr
11

FMI prevê queda de 1% da economia brasileira em 2015

Autor 0    Categorias Brasil, Economia     Tags

O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu as projeções para a economia brasileira em 2015. Em documento divulgado hoje (10), o órgão estima que o Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) cairá 1% neste ano, ante projeção anterior de crescimento de 0,3%. O FMI, no entanto, elogiou o ajuste fiscal prometido pela equipe econômica.

Para 2016, o fundo prevê crescimento de 0,9%, menos que a estimativa de 1,5% apresentada anteriormente. As projeções constam da revisão do Artigo 4 de Consulta com o Brasil, documento elaborado após a visita anual dos técnicos do FMI ao país. Os números servem de subsídio às discussões do quadro de diretores do órgão.

abr
10

Câmara aprova descontar até 10% do salário para pagar cartão de crédito

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (9) uma medida provisória que permite ao trabalhador optar por descontar a fatura do cartão de crédito diretamente na sua folha de pagamento no valor de até 10% do seu salário. A matéria segue para o Senado.

Atualmente, o desconto na folha de pagamento, chamado crédito consignado, é liberado para empréstimos e financiamentos em um limite de até 30% da remuneração. Se a medida for aprovada também pelos senadores, o trabalhador poderá comprometer mais 10% do salário para pagar o cartão de crédito. Na prática, o teto de endividamento em operações descontadas da folha passará a 40%.

Se uma pessoa, por exemplo, recebe salário de R$ 1 mil, ela pode hoje comprometer R$ 300 com empréstimo consignado. Com a nova proposta, ela poderá obter R$ 100 extras para pagar o cartão.

abr
9

Receita abre amanha consulta a lote da restituição do Imposto de Renda

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A Receita Federal abre nesta sexta-feira (10), a partir das 9h, consulta ao lote residual do Imposto de Renda Pessoa Física das declarações de 2008 (ano-base 2007) a 2014 (ano-base 2013). Ao todo, serão contemplados 76.420 contribuintes, que receberão R$ 150 milhões.

As restituições terão correção de 10,97%, relativa às declarações de 2014, a 68,55%, para as declarações de 2008. Os índices equivalem à taxa Selic – juros básicos da economia – acumulada entre a data de entrega da declaração até este mês.

A relação dos contribuintes estará disponível na página da Receita Federal na internet. A consulta também pode ser feita pelo telefone 146 ou nos aplicativos da Receita Federal para tablets e smartphones. O pagamento será feito no próximo dia 15. Caso o valor não seja creditado nas contas informadas na declaração, o contribuinte deverá receber o dinheiro em qualquer agência do Banco do Brasil.

abr
8

Maior taxa em 20 anos: IPCA sobe 1,32% em março

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O índice oficial de preços no Brasil registrou alta de 1,32% em março, depois de ter subido 1,22% em fevereiro. É o maior índice mensal desde fevereiro de 2003, quando atingiu 1,57%, e a maior taxa para meses de março desde 1995 (1,55%).

Com o resultado, a variação acumulada em 12 meses chegou a 8,13%, a maior desde dezembro de 2003 (9,3%). Além disso, o resultado está muito acima do limite máximo da meta do governo. A intenção do governo é manter a alta dos preços em 4,5% ao ano, com tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo –ou seja, variando de 2,5% a 6,5%.

Os dados do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor – Amplo) foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quarta-feira (8). Analistas consultados pela agência de notícias Reuters esperavam uma alta mensal de 1,39% para a inflação, e de 8,2% no acumulado em 12 meses.

abr
8

IPVA de veículos de placas finais 3 e 4 começa a ser cobrado

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de automóveis e motocicletas com placas de finais 3 e 4 começa a ser cobrado nesta quarta-feira (08) e quinta-feira (09). O proprietário tem a opção de pagar o tributo em cota única, obtendo um desconto de 5%, ou dividir o valor total em três parcelas fixas, sendo a primeira quitada neste mês e as demais nos meses de maio e junho.

A responsabilidade do recolhimento e aplicação do IPVA é da Secretaria Estadual de Tributação (SET), que repassa 50% do que é arrecadado para os municípios onde o veículo tem domicilio especificado em seu licenciamento. A alíquota responsável pela fixação do valor do tributo varia de 1 a 2,5%, dependendo do transporte automotor.

De acordo com o setor de Estatística do Detran, os proprietários de aproximadamente 144 mil veículos com placas de finais 3 e 4 realizam o pagamento do imposto nesta semana, que pode ser quitado em qualquer agência bancária até o seu vencimento. Depois do prazo estabelecido no carnê, a liquidação somente poderá ser realizada no Banco do Brasil ou correspondente bancário autorizado.

abr
7

Saques da poupança superam depósitos em R$ 11 bi, pior saldo em 20 anos

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A diferença entre saques e depósitos na poupança (chamada de captação líquida) ficou negativa em R$ 11,4 bilhões em março, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (7) pelo Banco Central.

Trata-se do pior saldo desde o início da série histórica do Banco Central, em 1995. O resultado bateu o recorde de fevereiro deste ano, quando a diferença tinha sido negativa em R$ 6 bilhões.

Em março, os depósitos somaram R$ 159,6 bilhões; os saques somaram R$ 171 bilhões. O resultado só não foi pior porque no último dia do mês entraram R$ 3,126 bilhões na poupança; até então, a diferença era de R$ 14,56 bilhões.

Como o resultado de janeiro já tinha sido negativo em R$ 5 bilhões, até agora, no ano, a diferença entre saques e depósitos está negativa em R$ 23,2 bilhões –também o pior trimestre desde o início da série histórica.

O menor crescimento da renda do trabalhador, aliado a uma inflação alta e maiores gastos com tarifa e combustíveis ajudam a explicar o maior volume de saques do que de depósitos na poupança.

abr
4

Vendas de iPhone crescem 41%

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O mercado de celulares no Brasil encolheu 11% em 2014 de acordo com dados divulgados pela consultoria Gartner. Apesar do desaquecimento, as vendas de iPhones tiveram uma alta de 41%, somando 2,9 milhões de unidades vendidas no país. O iPhone 6 e o 6 Plus custam entre R$ 3,5 mil e R$ 4,7 mil no site da Apple.

Com o resultado, a Apple alcançou 5% do mercado brasileiro de celulares como um todo, segundo os dados da Gartner. Os números da consultoria incluem as vendas tanto de smartphones quanto de aparelhos mais simples.

Entre as grandes fabricantes, a Apple é a que mais cresceu em 2014. A LG, segundo lugar em vendas, também teve crescimento expressivo mesmo em momento de desaquecimento. A participação da líder Samsung caiu de 37% para 35%.

abr
3

Páscoa abre oportunidade para empreender e também lucrar

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A época é propícia para quem pretende investir em um novo negócio, como a venda de ovos, docinhos e brigadeiros gourmet. O mercado tem se mostrado receptivo a esses produtos e quem já atua nessa área afirma que, nesse período, as encomendas se multiplicam. Os lucros seguem o mesmo ritmo.

Há Microempreendedores Individuais (MEI) no Rio Grande do Norte cujas receitas chegam a crescer até quatro vezes mais em função da proximidade da Semana Santa. “Não espera tantos pedidos. As embalagens que confeccionei para os Ovos de Páscoa de Colher esgotaram em apenas três dias”, confessa a empreendedora Cristiane Gentil.

Devido a uma dificuldade financeira, a fisioterapeuta Cristiane resolveu fabricar em casa brigadeiros para complementar a renda. A atividade deu tão certo que, em outubro do ano passado, ela registrou a empresa Chocoterapia como MEI. De lá para cá, o número de clientes só subiu.

Com as vendas em alta, a expectativa é até a próxima semana obter um faturamento de R$ 5 mil, enquanto que, em meses convencionais, a receita do negócio gira em torno de R$ 3 mil. “A Páscoa é um período emblemático para quem vende doces. Então, quem investir e fabricar produtos de qualidade tende a se dar bem”, garante Cris Gentil.

abr
3

PEC das Domésticas completa 2 anos sem direitos regulamentados

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Dois anos após a promulgação da Proposta de Emenda à Constituição que ficou conhecida como PEC das Domésticas, profissionais do setor continuam sem poder desfrutar de parte dos novos benefícios previstos, como o seguro-desemprego e o recolhimento obrigatório do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Isso porque o projeto de regulamentação continua “travado” no Congresso Federal.

No último dia 17, a Câmara dos Deputados concluiu a votação do projeto que regulamenta a PEC das Domésticas, mas o texto precisa passar ainda pelo Senado e não há prazo para a conclusão da tramitação da proposta na Casa. Só depois de aprovada pelos senadores é que a regulamentação poderá ser sancionada pela Presidência da República.

A PEC das Domésticas foi promulgada em 3 de abril de 2013 e garantiu 16 direitos trabalhistas para a categoria. No entanto, 7 dos benefícios permaneceram em aberto, à espera da regulamentação (veja quadro abaixo): indenização em demissões sem justa causa, conta no FGTS, salário-família, adicional noturno, auxílio-creche, seguro-desemprego e seguro contra acidente de trabalho.

abr
1

Consumidor deve ficar atento às compras da Semana Santa

Autor 0    Categorias Economia     Tags

No sentido bíblico a Semana Santa é sinônimo de renovação das esperanças para os cristãos. No sentido do consumo, é inegável que os itens mais procurados nessa época do ano são o pescado e os ovos de páscoa. E, o consumidor deve estar sentindo que o doce do chocolate tem ficado simbolicamente mais “salgado” nos preços.

De acordo com o diretor geral do Procon Estadual, Cyrus Alberto de Araújo Benavides, a principal recomendação é pesquisar preços. Mas, o que muita gente não sabe, e pode acabar ficando no prejuízo é que embora esses sejam produtos perecíveis, eles são passíveis sim de troca: “Na hora de comprar, o consumidor deve ficar atento aos prazos de validade tanto do pescado quanto dos ovos de páscoa; um outro ponto importante é ficar atento com relação aos preços informados nas prateleiras. Nossa fiscalização tem observado que, às vezes, o acúmulo dos produtos  acaba confundindo o consumidor na hora de averiguar o preço. E, algumas vezes, quando eles chegam no caixa, percebem que o valor é superior aqueles que viram  nas prateleiras”, esclarece Benavides.

O Procon Estadual tem um número disponível para toda e qualquer reclamação ou orientação ao consumidor, o 151. Nesse período do ano, Benavides afirma que há um aumento na procura pelo Procon, justamente pelos motivos acima citados: produtos estragados ou sem as propriedades organolépticas preservadas; prazo de validade e dúvidas sobre trocas.

abr
1

Vendas em supermercados caem 7,64% em fevereiro

Autor 0    Categorias Economia     Tags

As vendas em supermercados caíram 7,64% em fevereiro em comparação com janeiro. No entanto, em relação a fevereiro de 2014, houve crescimento de 0,35% no movimento, segundo balanço divulgado hoje (31) pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). No acumulado dos dois primeiros meses de 2015, as vendas aumentaram 1,93%. Os percentuais levam em consideração a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O presidente do conselho consultivo da Abras, Sussumu Honda, avaliou que o resultado do ano ainda é positivo devido ao bom desempenho do setor em janeiro. Porém, o desaquecimento da economia e a alta da inflação estão diminuindo a capacidade de compra da população. “Nós temos indicadores macroeconômicos que não estão bons, com o nível de confiança do consumidor também caindo. Nós estamos com inflação alta e isso acaba afetando muito o poder aquisitivo”, ressaltou durante a apresentação dos dados.

O resultado de fevereiro, entretanto, foi afetado, segundo Honda, pelo menor número de dias no mês e pelo feriado do Carnaval.

mar
30

Receita recebe mais de 6,1 milhões de declarações do Imposto de Renda

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Quase um mês após o início do prazo de entrega do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), 6.152.563 declarações foram encaminhadas à Receita Federal pelos contribuintes até as17h de hoje (30). O número representa 22,4% do total de 27,5 milhões de declarações que a Receita espera receber até 30 de abril, quando termina o prazo.

Este ano, os contribuintes com certificação digital podem fazer a declaração pré-preenchida na página da Receita na internet, na área do e-CAC. Isso também poderá ser feito por um representante do contribuinte com certificação digital e procuração eletrônica registrada no órgão.

No ano passado, 26.883.633 de contribuintes enviaram a declaração do IRPF até o fim do prazo. O número ficou aquém do esperado pela Receita na ocasião, 27 milhões de formulários. Em 2013, 26,1 milhões de pessoas físicas entregaram o documento.

mar
30

Falta um mês para acabar o prazo do IR

Autor 0    Categorias Brasil, Economia     Tags

Falta um mês para acabar o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda. Este ano a receita espera receber 27,5 milhões de declarações. Mas até agora menos de cinco milhões e meio de contribuintes declararam.

É obrigado a declarar quem recebeu mais do que R$ 26.816,55 em 2014. Despesas médicas podem ser deduzidas integralmente. O limite da dedução com empregada doméstica é de R$ 1.152,88 e com educação é de R$ 3.375,83. As deduções com dependentes estão limitadas a R$ 2.156,52, por pessoa. Pela primeira vez, o CPF dos dependentes com 16 anos ou mais deverá obrigatoriamente ser informado.

A novidade deste ano é que o contribuinte não precisa mais fazer a declaração de uma vez só no computador. Quem quiser, pode começar a preencher as informações. Depois, parar, salvar online e em outro momento continuar no tablet ou no celular. Assim dá para inserir os dados à medida que for lembrando em casa, no trabalho ou até mesmo em uma viagem. Quando estiver pronto é só enviar.

mar
30

Remédios devem ficar mais caros a partir de amanhã

Autor 0    Categorias Brasil, Economia     Tags

O brasileiro deve gastar mais para comprar remédios a partir deste terça-feira (31). Isto por que o Ministério da Saúde, se cumprir o anúncio de dias atrás, divulgará o reajuste para os medicamentos, que deve recair sobre cerca de 9 mil itens. A expectativa é de que o percentual de aumento fique em torno de 7%, embora a Câmara de Regulação de Medicamentos (Cmed) assegure que será menor que inflação. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) dos últimos 12 meses, no entanto, está beirando justamente este percentual.

Em 2014, o reajuste foi de até 5,68%. Na época, representantes farmacêuticos reclamaram que, na prática, o aumento médio foi de 3,52%. O possível reajuste, porém, não deve atingir o bolso do consumidor de forma imediata. Isto ocorre por que os fabricantes e distribuidoras dos medicamentos demoram alguns dias para enviar os catálogos com os valores atualizados. Com isso, o ideal é que o consumidor pesquise bem antes de decidir o local das compras.

Medicamentos do nível 1 serão reajustados no máximo, possivelmente, em 7,7%. Nesta categoria estão incluídas drogas bastante comercializadas, como omeprazol, metformina, sinvastatina, dipirona e amoxicilina. No segundo nível, 2, remédios considerados de concorrência mediana, como o risedross, o percentual será de 6,35%. Já os de menor concorrência ou aqueles ainda protegidos por patentes, como ritalina, buscopan e aerolin, terão aumento de 5%.

O consumidor pode conferir, no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), uma lista de 2014 sobre a classificação de cada remédio, e, portanto, o possível aumento no preço de cada um. Para a maioria dos medicamentos, a classificação não será alterada.

mar
29

PIB agropecuário foi sacrificado por seca e clima é de incerteza em 2015

Autor 0    Categorias Economia     Tags

O Produto Interno Bruto (PIB) da agropecuária em 2014 foi “sacrificado” pela severa estiagem, que prejudicou safras importantes, como café e cana-de-açúcar, disse nesta sexta-feira (27/3) Cesar Castro, analista da MB Agro. Segundo ele, para 2015 as perspectivas são mais positivas, embora pairem incertezas quanto às condições climáticas. “Devemos ter um crescimento (neste ano), mas nada muito expressivo, em torno de 1%, 1,5%”, comentou, ressaltando que esses números ainda podem ser revisados.

Nesta sexta-feira, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o PIB da agropecuária subiu 0,4% em 2014 ante 2013. Considerando-se apenas o quarto trimestre do ano passado, houve avanço de 1,2% na mesma base de comparação e de 1,8% em relação aos mesmos três meses de 2013.

Conforme o IBGE, soja (5,8%) e mandioca (8,8%) apresentaram ganhos de produção em 2014, embora tenham apontado perda de produtividade. Já cana-de-açúcar (-6,7%), milho (-2,2%), café (-7,3%) e laranja (-8,8%) foram algumas das culturas que registraram desempenham negativo no ano passado.

“Milho, cana e pecuária de corte contribuíram com a queda. A pecuária de corte, por exemplo, começou 2014 com um abate bem forte, mas terminou mais fraca”, avaliou Castro. Do lado positivo, ele cita a soja, o trigo e o algodão – este dois últimos cresceram em torno de 8% e 26%, respectivamente.

mar
27

Economia brasileira cresceu 0,1% em 2014

Autor 0    Categorias Economia     Tags

A economia brasileira cresceu 0,1% em 2014, na comparação com o ano anterior. O Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, fechou o ano em R$ 5,52 trilhões, segundo dados divulgados hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No quarto trimestre, o PIB teve crescimento de 0,3% na comparação com o terceiro trimestre de 2014. Na comparação com o último trimestre de 2013, o PIB teve queda de 0,2%.

O crescimento de 0,1% em 2014 foi puxado pelos setores de serviços, que teve alta de 0,7% no ano, e de agropecuária, que avançou 0,4%. Com queda de 1,2%, a indústria impediu um crescimento maior do PIB no ano.

mar
23

Mais de 47 mil declarações da PB são enviadas à Receita Federal

Autor 0    Categorias Economia     Tags

Completadas três semanas de declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2015, mais de 47 mil declarações da Paraíba foram enviadas aos computadores da Receita Federal, conforme mostra o balanço do órgão divulgado nesta segunda-feira (23).

Ao todo, foram  47.795 declarações da Paraíba, o que corresponde a 17,38 % do quantitativo esperado pela Receita Federal este ano no estado, que é de cerca de 275 mil.

O programa da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física – exercício 2015 foi liberado no dia 2 de março. O contribuinte tem até o dia 30 de abril para enviar a declaração.

No ano passado, 26.883.633 contribuintes enviaram a declaração até o fim do prazo, número aquém dos 27 milhões de formulários estimados pela Receita Federal para todo o país. Em 2013, 26,1 milhões de pessoas físicas entregaram o documento.

Siga-nos no Twitter! Siga-nos no Twitter!
@blogdoserido

Últimas

Arquivos

Lista de Links

Visitas ao Blog do Seridó